Cogepe - Coordenação Geral de Gestão de Pessoas

O que há de mais importante na Fiocruz Adicionar o RSS

Foto: Carlos Duarte

Carlos Duarte

Há 15 anos atuando na Fundação, Carlos Duarte foi o primeiro servidor efetivo do Instituto Leônidas e Maria Deane, Fiocruz-Amazônia. Atualmente trabalha na seção de almoxarifado e patrimônio da instituição.

Há quanto tempo está na Fiocruz?
Fui admitido em 1994. Ao todo, são 15 anos sendo 2 anos cedido pelo Instituto de Medicina Tropical de Manaus e 1 ano e 5 meses como bolsista pape.  Prestei concurso e em setembro de 1997 tomei posse como servidor, no setor de Secretaria do então Escritório Técnico da Amazonia (ETA). Fui o 1º servidor da Fiocruz em Manaus.
  
Qual a sua formação?
Cursando bacharel em Teologia.
 
Já atuou em outros departamentos ou unidades?
Secretaria do ETA/Fiocruz/AM, Seção de Compras, Seção de Transporte e atualmente Seção de Almoxarifado e Patrimônio.
 
Fale um pouco sobre as atividades desenvolvidas por você no ILMD.
Como atuava na Secretaria e éramos somente 4 pessoas, secretariava o Diretor, os cursos realizados, dentre outras atividades de apoio para o funcionamento do Eta. Desenvolvi atividades de licitação e também 1º Pregoeiro a partir de 2000, fiquei responsável pela área de transporte, limpeza, segurança e almoxarifado e patrimônio. Hoje, com uma estrutura mais organizada, sou responsável pela Seção de Almoxarifado e Patrimônio.
 
Quais os principais desafios em seu trabalho?
Em relação ao Patrimônio "manter os bens em seus devidos lugares" e fornecer meios físicos para realização das rotinas dos setores.
No Almoxarifado manter sempre os estoque físico e contábil em dia.
 
O quê você acha da expansão da Fiocruz para outros estados?
Se a Fiocruz é de âmbito Nacional, acho natural que se faça presente em todos os estados, pois teremos uma riqueza maior quanto à biodiversidade.
 
Você já trabalhou ou esteve no campus da Fiocruz no Rio? Como você avalia o intercâmbio entre unidades tão distantes?
Sim, já estive. Embora o intercâmbio tenha melhorado, acho que ainda é possível aumentar tal proximidade pois facilitaria o trabalho diário das unidades descentralizadas e as que ainda estão em fase de descentralização.
 
Quais experiências mais significativas na Fiocruz pode destacar?
Primeiramente, meu ingresso na instituição mesmo antes de ser Servidor, pois me senti muito mais produtivo. Destaco ainda a conclusão do CPqILMD em 2002 e a participação em 2 Congressos Internos

O que representa a Fiocruz para você?
Melhoria em minha vida pessoal e profissional, além de representar uma instituição de vulto, que promove melhorias na área da Saúde, ainda tão frágil em nosso pais. Eu tenhor orgulho de ser Fiocruz/Brasil.

Entrevista publicada em 06.07.2009 - Foto: Arquivo Pessoal

Fundação Oswaldo Cruz - Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas

Av. Brasil, 4365 - Pavilhão Figueiredo de Vasconcelos/ Sala 215 Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ CEP: 21040-360

Tel: (21) 3836-2200/ Fax: (21) 3836-2180

Ver mapa