Cogepe - Coordenação Geral de Gestão de Pessoas

O que há de mais importante na Fiocruz Adicionar o RSS

Foto: Sérgio Dias de Oliveira

Sérgio Dias de Oliveira

Sérgio Dias de Oliveira coordena Departamento de Processamento Final de Biomanguinhos, responsável pela ultima etapa da produção de vacinas e medicamentos antes da distribuição.

Há quanto tempo está na Fiocruz?
Há 27 anos
Qual a sua formação?
Sou Químico Industrial
 
Já atuou em outros departamentos ou unidades?
Não, estive sempre no Departamento de Processamento Final (DPFI) de Biomanguinhos.
 
Quais as principais atividades desenvolvidas por você no DPFI?
Gerir e Coordenar e treinar as atividades técnicas de formulação, liofilização, envase, recravação, revisão e embalagem de vacinas e biofármacos.
 
Quais os principais desafios em seu trabalho?
Atender plenamente o cronograma de produção para conseguir suprir a demanda de vacinas do Ministério da Saúde.
 
Na sua opinião, quais são os principais desafios para Biomanguinhos nos próximos anos?
Crescer ordenadamente mantendo a qualidade requerida pelos organismos internacionais para permanecer competitivo no mercado e ampliar a quantidade de produtos oferecidos no mercado nacional e internacional.

Quais experiências mais significativas na Fiocruz pode destacar?
O intercambio de transferência de tecnologia entre Japão e Brasil em 1982. Visita do presidente Figueiredo à área de produção e da comitiva Japonesa a Biomanguinhos.
- A reintegração dos exilados da Fiocruz.
- A transferência de tecnologia entre a Glaxo Smith Kline e Biomanguinhos. Significou um crescimento técnico operacional na unidade.
-  A parceria com Cuba para produção de Biofarmacos

Já fez algum curso de capacitação pela Instituição?
Fiz o mestrado profissional.
 
O que representa a Fiocruz para você?
Trabalho na Fiocruz por amor e conscientização da importância da vacina para população.  Ela representa um incentivo permanente para conscientização do grupo técnico na produção de produtos de melhor qualidade, objetivando sempre atender as reivindicações crescentes da organização mundial de saúde e da agencia de vigilância sanitária.
 

Entrevista publicada em 21.09.2009 - Foto: Arquivo Pessoal

Fundação Oswaldo Cruz - Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas

Av. Brasil, 4365 - Pavilhão Figueiredo de Vasconcelos/ Sala 215 Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ CEP: 21040-360

Tel: (21) 3836-2200/ Fax: (21) 3836-2180

Ver mapa