Cogepe - Coordenação Geral de Gestão de Pessoas

O que há de mais importante na Fiocruz Adicionar o RSS

Foto: Aurora Ferreira

Aurora Ferreira

Aurora começou sua história na Fiocruz ainda como estagiária, no ano de 1992, na Dirac. Atualmente é assessora da direção, trabalhando no planejamento e articulação das áreas de serviço da unidade.

Há quanto tempo você está na Fiocruz?
Trabalho aqui há 17 anos.  Entrei em 1992 como estagiária e depois passei para terceirizações. A Fiocruz foi meu primeiro ambiente de trabalho.

Já trabalhou em outras unidades?
Desde que ingressei na Fiocruz sempre trabalhei na Dirac.  Até 2002 atuei no Serviço de Transportes. Depois passei a trabalhar na sede da Unidade, atuando na Assessoria Operacional (2002-2005), Coordenando o Serviço de Zeladoria (2205-2008) e atualmente estou na Assessoria de Infraestrutura e Serviços.

Qual a sua formação?
Sou Pedagoga

Que atividades você desenvolve atualmente?
Assessoro a Direção, atuando no planejamento e articulação das áreas de Serviços da Unidade.

Quais os maiores desafios neste trabalho?
A missão da Dirac é prestar serviços de infraestrutura às atividades da FIOCRUZ.  Assim, se fez necessário o aprimoramento das atividades para suprir as demandas do constante crescimento da Instituição.  O desafio é grande!  A adaptação a novos cenários exige um trabalho dinâmico.

Você participou da organização da semana de Biossegurança da Dirac, que aconteceu no fim do ano passado. Na sua opinião, qual a importância desse tipo de evento para os trabalhadores da sua unidade?
É uma semana de sensibilização.  Temos profissionais de várias áreas e o objetivo da semana é sensibilizar os trabalhadores para que se vejam, também, como responsável por sua segurança e qualidade no ambiente profissional. Será através da participação e das cobranças de cada profissional que poderemos aperfeiçoar nosso trabalho de maneira segura para todos.

Relate alguma experiência marcante vivida na Fundação.
São muitas experiências. Nossa, daria para escrever um livro! Posso citar alguns dos grandes eventos em que participei da organização, como o Fiocruz Pra Você, que é fantástico, as visitas do Presidente Lula, a Posse do Dr. Gadelha. Entretanto, para mim o evento de mais marcante foi a posse dos concursados, em 2008.  Eu estava trabalhando na infraestrutura e não pude ficar ao lado da minha mãe para assistir a posse da minha irmã, mas mesmo nos “bastidores” era maravilhoso perceber a alegria dos concursados de estarem entrando para a Fiocruz.

Qual o significado da Fiocruz na sua vida?
A diversidade da Fiocruz é algo que impressiona e atrai admiradores, como eu. Não consigo imaginar como teria sido a minha vida sem passar pela Fundação.  Tudo que aprendi como profissional foi através das experiências que tive nesta casa.  Foi também aqui que conheci meu marido e foi na creche daqui que meus filhos passaram a infância.  A Fiocruz faz parte da minha vida e eu tenho muito orgulho disso.

Entrevista publicada em 17.03.2010 - Foto: Arquivo Pessoal

Fundação Oswaldo Cruz - Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas

Av. Brasil, 4365 - Pavilhão Figueiredo de Vasconcelos/ Sala 215 Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ CEP: 21040-360

Tel: (21) 3836-2200/ Fax: (21) 3836-2180

Ver mapa