Cogepe - Coordenação Geral de Gestão de Pessoas

O que há de mais importante na Fiocruz Adicionar o RSS

Foto: João Carlos Canossa Pereira Mendes

João Carlos Canossa Pereira Mendes

João Canossa ingressou menino na Fiocruz, com apenas 16 anos. Atualmente é o editor executivo da Editora Fiocruz, que desde 1993, produz publicações nas áreas de saúde pública; ciências biológicas e biomédicas em saúde; ciências clínicas; ciências sociais e humanas em saúde.

Qual sua formação?

Graduei-me em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Especializações, aperfeiçoamentos e afins foram feitos em áreas de Comunicação e Saúde e Editorial.

Há quantos anos trabalha na Fundação?

No espaço físico da Fiocruz eu comecei menino. Tinha 16 anos quando ingressei na Associação Brasileira de Saúde Coletiva - Abrasco; na Editora Fiocruz estou desde 1996; como concursado, desde 2006.

Qual sua função?

Editor Executivo da Editora Fiocruz.

Quando foi criada a Editora Fiocruz?

Por portaria da Presidência, em 1993. Os primeiros livros datam de 1994.

Quantas publicações já alcançou?

Em números atuais, são 235 títulos em catálogo (52 em co-edição e 06 em novas edições). Até o momento, foram reimpressos 62 livros.

Quais as linhas editoriais?

A Editora Fiocruz trabalha em torno de quatro eixos temáticos: Saúde Pública; Ciências Biológicas e Biomédicas em Saúde; Ciências Médicas da Saúde; Ciências Sociais e Humanas da Saúde. O objetivo é a publicação de textos com reconhecida importância para a saúde e sua abordagem pelas diferentes áreas do conhecimento.

Qual a publicação mais emblemática que a Editora já lançou?

Não me faça essa pergunta, que é talvez a mais difícil de responder. Livro é filho. Como dizer que se prefere um ou outro? Posso dizer que tive uma grande emoção em editar o livro do Sergio Arouca, pois foi um processo mais que editorial, afetivo. Mas cada livro tem sua história, sua trajetória, o seu jeito de crescer e ser no mundo.

Qual a importância de uma editora própria?

Me permito citar José Castilho Marques Neto, um amigo e (como eu) um apaixonado editor:
"No momento em que constatamos em muitos países da América Latina que a produção editorial, em áreas sensíveis como a da educação e a da cultura, está entregue a empresas multinacionais, cujo único objetivo é o lucro, cabe refletir se deve a universidade abrir mão de interferir positivamente, e ao lado de editoras sérias e compromissadas do país, para a manutenção do saber e da cultura brasileira, que, no caso, é a preservação da própria identidade do país como nação."
[Marques Neto, J.C. A Editora Universitária, os livros do século XXI e seus leitores. Interface - comunicação, saúde, educação, 4(7), 2000].
Trocando em miúdos: é missão das instituições de ensino e pesquisa difundir o conhecimento produzido. Tal difusão não pode prescindir - mesmo porque não se sustentaria - do trabalho editorial.

O que é a Fiocruz para você?

Um bom lugar no mundo... com todas as suas complexidades e dimensões, sem dúvida um lugar para criar, produzir, frutificar.


Entrevista publicada em 10.03.2008 - Foto: Arquivo pessoal

Comentários (1)

Tem alguma história, um depoimento sobre João Carlos Canossa Pereira Mendes? Cadastre-se e compartilhe! Se já for cadastrado faça o login.


Sem foto LILIAN CLAUDIA PAIXÃO DE BARROSem 08.06.2010 às 15:03
N/A

Olá João Carlos! Talvez você não se lembre, mas frequentamos a mesma igreja, Divino Salvador. Fiquei muito feliz te reencontrar aqui. Muito bom saber que um amigo de infância está bem. Você merece, sempre foi uma pessoa boa, simpática, extrovertida. Tenho boas lembranças de você. Continue sempre assim. Peço a Jesus que você tenha sempre muita saúde, paz e amor. Abs, Lílian Cláudia Paixão de Barros.

Fundação Oswaldo Cruz - Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas

Av. Brasil, 4365 - Pavilhão Figueiredo de Vasconcelos/ Sala 215 Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ CEP: 21040-360

Tel: (21) 3836-2200/ Fax: (21) 3836-2180

Ver mapa